Cursos 01 728x90 Marketing

Caminh√Ķes com oxig√™nio venezuelano chegam a Manaus

O comboio com 107 mil m¬≥ de oxig√™nio saiu no fim de semana e viajou pouco mais de 1,5 mil quil√īmetros at√© a capital amazonense.

Por Jorge Matos em 20/01/2021 às 08:57:12
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Cinco caminh√Ķes com oxig√™nio doado pela Venezuela chegaram na noite desta ter√ßa-feira (19), para atender a demanda em Manaus, cidade que atravessa uma grave crise de saúde durante a segunda onda da pandemia de covid-19.

A remessa deve ajudar a aliviar a terrível situa√ß√£o na regi√£o, que est√° experimentando um aumento exponencial de casos de covid-19 com um sistema de saúde colapsado. Desde quinta-feira, dezenas de pessoas morreram sufocadas devido à falta de oxig√™nio nos centros de saúde, o que levou os moradores à beira do desespero.

Neste momento, a demanda diária de oxigênio no Amazonas gira em torno de 76 mil m³ e as empresas fornecedoras não conseguem produzir mais de 28,2 m³ por dia.

Doação

Ao contr√°rio do que afirmam postagens no Facebook, o governo venezuelano doou o carregamento de 107 mil m3 de oxig√™nio para Manaus. De acordo com o ministro das Rela√ß√Ķes Exteriores da Venezuela, Jorge Arreaza, o carregamento saiu da f√°bria de Sidor, uma siderúrgica estatal, em Puerto Ordaz. Arreaza confirmou que o envio era uma doa√ß√£o e enfatizou: "n√£o queremos nada em troca".

A doação de oxigênio ocorre apesar de o governo do presidente Jair Bolsonaro não reconhecer o do venezuelano Nicolás Maduro, a quem chama de "ditador".

Maduro disse neste domingo que a situa√ß√£o em Manaus era um "esc√Ęndalo" e que "a Venezuela estendeu sua m√£o solid√°ria ao povo amazonense". O presidente brasileiro ironizou o carregamento, mas n√£o o rejeitou.

Comunicar erro

Coment√°rios

Isael Barros