Cursos 01 728x90 Marketing

Mulher agride homossexual em padaria de São Paulo e vídeo circula nas redes sociais; assista

Por Elaine Araújo em 22/11/2020 às 16:48:47
Reprodução / Revista Fórum

Reprodução / Revista Fórum

Um vídeo que circula nas redes sociais mostra o momento em que uma mulher identificada como Lidiane Biezok, protagoniza um ataque homofóbico, agredindo um homossexual, em uma padaria na região da Pompéia, zona Oeste de São Paulo. A data do ocorrido não foi divulgada.

Em um primeiro momento, Lidiane, que apagou seus perfis no Instagram e no Linkedin, provoca o homossexual dizendo "bucetinha no cu". A mulher ainda pede que o homem a agrida e em seguida, segue o rapaz pela padaria e o trata com violência, jogando objetos da padaria. Abordada por funcionárias no caixa, a mulher faz mais ataques homofóbicos.

No texto de um dos posts que circulam nas redes, o internauta agradece à tecnologia pela possibilidade de gravar momentos como este e servir como ferramenta de combate ao racismo e a homofobia.

"Não cabe mais espaço para esse tipo de crime. É muito ódio envolvido com intolerância e desrespeito. Essas pessoas não podem continuar em uma vida em sociedade como se nada tivesse acontecido. Definitivamente, não é "MIMIMI"", declara Anderson Alberto.

O rapaz agredido ainda não foi identificado e não correspondeu às agressões.

Veja vídeo

" target="_blank">

Fonte: com informações de Revista Fórum

Comunicar erro

Comentários

Isael Barros