Pesquisa Lauro Hoje

Vacina chinesa é segura e imuniza, diz revista científica

Por Elaine Araújo em 16/10/2020 às 09:41:29
Reprodução/ Pixabay

Reprodução/ Pixabay

A vacina chinesa BBIBP-CorV, feita com Sars-CoV-2 inativo, é segura e induz a resposta imune em pessoas saud√°veis.

Os resultados promissores da fase 1/2 de testes com o imunizante foram publicados nesta quinta-feira, 15, no TheLancet Infectious Diseases, uma das mais respeitadas revistas científicas.

Ainda segundo os resultados, n√£o houve rea√ß√Ķes adversas graves para a vacina.

A vacina est√° sendo desenvolvida pelo Instituto de Produtos Biológicos de Pequim, uma subsidi√°ria do Grupo Nacional de Biotecnologia da China, CNBG, na sigla em ingl√™s.

A BBIBP-CorV é uma das pelo menos 10 candidatas a vacina desenvolvidas em todo mundo a entrara na Fase 3 de testes.

Atualmente, s√£o 4 os projetos liderados por cientistas chineses, de acordo com a Organiza√ß√£o Mundial da Saúde – OMS.

"Proteger pessoas mais velhas é o principal objetivo de uma vacina para Covid-19 bem-sucedida, pois essa faixa et√°ria est√° em maior risco de formas graves da doen√ßa", afirma, em nota, o professor Xiaoming Yang, coautor do estudo e pesquisador do Instituto de Pequim de Produtos Biológicos e presidente da CNBG.

Testes

Os testes foram realizados entre 29 de abril e 30 de julho deste ano e envolveram mais de 600 volunt√°rios.

A vacina, chamada BBIBP-CorV, demonstrou ser segura e bem tolerada em todas as doses analisadas.

O único efeito colateral foi dor no local da inje√ß√£o, de acordo com os relatos dos volunt√°rios.

O imunizante usado no estudo é baseado em uma amostra do vírus que foi isolada, de um paciente na China.

Idosos

O objetivo principal dos testes de fase 1/2 era avaliar a resposta imune e a segurança da vacina, observando pessoas com idades entre 18 e 80 anos.

Os participantes com 60 anos ou acima demoraram mais para desenvolver uma resposta imune, levando 42 dias para que anticorpos fossem detectados em todos os participantes dessa faixa et√°ria.

Em comparação, foram 28 dias entre os voluntários de 18 a 59 anos.

Além disso, os níveis de anticorpos também foram mais baixos entre aqueles com 60 e 80 anos.

"As vacinas às vezes s√£o menos eficazes neste grupo porque o sistema imunológico enfraquece com a idade. Portanto, é encorajador ver que o BBIBP-CorV induz respostas de anticorpos em pessoas com 60 anos ou mais, e acreditamos que isso justifica uma investiga√ß√£o mais aprofundada", disse Yang.

Com informa√ß√Ķes da The Lancet Disease

Fonte: com informa√ß√Ķes de S√≥ Not√≠cias Boas

LauroZap Fullbanner

Coment√°rios