Pesquisa Lauro Hoje

Covid-19: relator da ONU pede relaxamento de san√ß√Ķes à Coreia do Norte

Por Elaine Araújo em 16/10/2020 às 08:01:32
Reprodução/ Agência Brasil/ Tomás Ojea/ JC Macllwaine

Reprodução/ Agência Brasil/ Tomás Ojea/ JC Macllwaine

O relator especial da Organiza√ß√£o das Na√ß√Ķes Unidas (ONU) sobre a situa√ß√£o dos direitos humanos na Coreia do Norte, Tom√°s Ojea Quintana, pediu à comunidade internacional que cogite com urg√™ncia suspender as san√ß√Ķes contra o pa√≠s, que podem estar piorando os problemas de lockdown impostos pela pandemia do novo coronav√≠rus, de acordo com o esbo√ßo de um relatório divulgado nessa quinta-feira (15).

A Coreia do Norte, que n√£o relatou nenhuma infec√ß√£o confirmada, est√° sujeita a san√ß√Ķes da ONU desde 2006 por causa de seus programas nuclear e bal√≠stico, e nos √ļltimos anos medidas cada vez mais duras foram adotadas.

O pa√≠s impôs controles fronteiri√ßos r√≠gidos neste ano, em meio a medidas duras contra o novo coronav√≠rus, mas est√° sofrendo com as san√ß√Ķes e com "problemas econômicos sist√™micos e condi√ß√Ķes clim√°ticas anormalmente ruins", escreveu Quintana.

Embora as restri√ß√Ķes norte-coreanas busquem proteger os direitos de seu povo à vida e à sa√ļde, os lockdowns rigorosos t√™m um efeito "devastador" no comércio, acrescentou o relator.

A redu√ß√£o do comércio, por sua vez, amea√ßa os suprimentos de comida e o acesso à ajuda humanit√°ria, disse ele no relatório, que ser√° submetido à Assembleia-Geral das Na√ß√Ķes Unidas na semana que vem.

Diante da situa√ß√£o inédita da pandemia de covid-19, Quintana afirmou que acredita que a responsabilidade internacional de reavaliar o regime de san√ß√Ķes é mais urgente do que nunca.

A implanta√ß√£o maior de san√ß√Ķes come√ßou a "afetar seriamente a economia inteira do pa√≠s" e tem consequ√™ncias adversas sobre os direitos econômicos e sociais da popula√ß√£o, observou.


Fonte: Agência Brasil

LauroZap Fullbanner

Coment√°rios