Pesquisa Lauro Hoje

Bolsonaro tenta se desvincular de vice-líder do Governo flagrado com dinheiro na cueca em operação da PF

O presidente diz lamentar desvios de recursos na sa√ļde p√ļblica, mas desviou doa√ß√£o de R$ 75 milh√Ķes para a compra de testes r√°pidos para Covid-19, em julho

Por Rodrigo Pimentel em 15/10/2020 às 13:00:57

O presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (15), tentou se desvincular das acusa√ß√Ķes envolvendo o senador Chico Rodrigues (DEM-RR), vice-líder do governo no Senado. Em conversa com apoiadores o chefe do Planalto admitiu que h√° desvios de dinheiro público destinado pela Uni√£o para Estados e municípios, mas repetiu que n√£o h√° corrup√ß√£o em seu governo.

O vice-líder foi alvo de uma opera√ß√£o da Polícia Federal (PF), com participa√ß√£o da Controladoria-Geral da Uni√£o (CGU) na apura√ß√£o, durante a quarta-feira (14), em Boa Vista (RR) e escondeu dinheiro na cueca durante a abordagem dos policiais.


Saiba mais: Vice-líder do governo Bolsonaro é encontrado com dinheiro na cueca em opera√ß√£o da PF

Aos seus apoiadores, Bolsonaro chegou a afirmar que o mau uso do dinheiro público n√£o é algo raro, e, apesar Chico Rodrigues ser um dos articuladores políticos do Planalto no Congresso, repetiu que n√£o h√° corrup√ß√£o no governo.

"Alguns acham que toda a corrup√ß√£o tem a ver com o governo. N√£o. Nós destinamos aí dezenas de bilh√Ķes para Estados e municípios, tem as emendas parlamentares também e, de vez em quando, n√£o é muito raro, a pessoa faz uma malversa√ß√£o desse recurso. Agora, a CGU (Controladoria-Geral da Uni√£o) est√° de olho, a nossa Polícia Federal est√° de olho e tomamos decis√Ķes", afirmou.

Na manh√£ desta quinta-feira, o presidente foi questionado por um apoiador sobre a opera√ß√£o enquanto cumprimentava simpatizantes no Pal√°cio da Alvorada. "Essa investiga√ß√£o de ontem é um exemplo típico do meu governo, que n√£o tem corrup√ß√£o no meu governo, n√£o tem corrup√ß√£o, e combate à corrup√ß√£o seja de quem for", declarou Bolsonaro.

"Voc√™s est√£o h√° quase dois anos sem ouvir falar em corrup√ß√£o no meu governo. O meu governo s√£o ministros, estatais e bancos oficiais. Esse é o meu governo", completou.

Semana passada, o gestor do Planalto havia dito havia encerrado a Operação Lava Jato por conta da falta de corrupção em seu governo e, nesta quarta feita, data da prisão do senador, o mesmo havia dito que daria, em suas palavras, uma "voadora no pescoço" de quem se envolvesse em corrupção no seu governo.

No Alvorada, o presidente ainda diz lamentar desvios de recursos na saúde pública, pontuando que essa pr√°tica acaba matando "inocentes". No entanto, é relevante recordar que o Governo Bolsonaro desviou, em julho, uma doa√ß√£o de R$ 7,5 milh√Ķes destinado a compra de testes de Covid-19 para o programa P√°tria Volunt√°ria, liderado pela primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

Os R$ 7,5 milh√Ķes doados pela Marfrig representam quase 70% da arrecada√ß√£o do programa de Michelle até agora, que totaliza R$ 10,9 milh√Ķes. (Clique aqui para saber mais)

Jair Bolsonaro ainda declarou que a opera√ß√£o de quarta é um "orgulho para o meu governo, para o meu ministro Wagner Ros√°rio (da CGU) e para a minha Polícia Federal". E afirma que est√° combatendo a corrup√ß√£o, n√£o interessa quem seja a pessoa suspeita.

Fonte: Política ao Minuto

LauroZap Fullbanner

Coment√°rios