Pesquisa Lauro Hoje

De frente com o eleitor: Marcelo Santana (MDB)

Conheça um pouco mais sobre os candidatos que disputarão as Eleições Municipais de 2020

Por Rodrigo Pimentel em 08/10/2020 às 17:09:47

Como uma forma de manter o eleitor informado dos candidatos que farão presença na eleição de 2020, o Lauro Hoje decidiu começar um novo quadro que apresentará aqueles que já foram homologados por seus respectivos partidos, falando um pouco sobre suas biografias e suas carreiras políticas. O candidato de hoje será Marcelo Santana (MDB), advogado e atual candidato à Prefeitura de Lauro de Freitas.

Biografia

Marcelino Jose Guimaraes Santana, ou Marcelo Santana, é um advogado, de 62 anos, nascido em abril de 1958, em Salvador-BA, e que está entre os candidatos à Prefeitura de Lauro de Freitas nas Eleições Municipais de 2020. A carreira política de Marcelo começou em 2004, quando concorreu a vereador do município da região metropolitana de Salvador, pelo PDT.

Em 2006, ainda pelo PDT, o advogado concorreu pelo cargo de deputado federal e, em 2008, foi eleito como vereador suplente de Lauro de Freitas, se mantendo como suplente nas eleições de 2012 e 2016, nesse ano, pelo Partido Socialista Brasileiro (PSB) na coligação Por uma Lauro de Freitas Sustentável e Criativa, após ter se candidatado para o cargo, mas obtendo apenas 433 votos, os que não lhe renderam a candidatura.

Antes de decidir concorrer à prefeitura de Lauro de Freitas, nas eleições de 2018, Marcelo Santana voltou a concorrer a deputado federal, desta vez, pelo partido Democracia Cristã (DC), recebendo 1.662 votos, não o suficiente para elegê-lo. Santana também já foi presidente da Câmara Municipal de Lauro de Freitas, também tendo sido superintendente de Indústria e Comércio e procurador geral do município.

Vereador suplente?

Quando um candidato a vereador não obtém o número necessário de votos para ocupar uma cadeira na Câmara Municipal, permanece então na qualidade de suplente (ou substituto), que dependendo da sua colocação poderá assumir como vereador por pequenos períodos, caso o titular encontrar-se afastado por licença médica, missão cultural ou necessidade particular, no caso de falecimento do parlamentar em exercício, ou decorrente de processo de cassação ou renúncia.

Pré-candidatura

Em agosto desde ano, o Movimento Democrático Brasileiro (MDB) decidiu lançar o nome de Marcelo Santana como pré-candidato à Prefeitura de Lauro de Freitas, sucedendo a prefeita Moema Gramacho (PT). A candidatura já vinha sendo gestada 40 dias antes do anúncio, após Marcelo ter desfeito o compromisso onde seria indicado vice da pré-candidata Mirela Macedo (PSD).

Em uma entrevista para o site Política Livre, Santana afirma que está entrando na campanha disposto a representar uma candidatura raiz, de alguém que faz parte do município, que vive e trabalha nele.

Candidatura

No mês de setembro, em uma convenção partidária feita no dia 12, o MDB de Lauro de Freitas homologou a candidatura de Marcelo Santana para disputar o cargo de prefeito do município da região metropolitana de Salvador, na chapa que tem Luiz Bacelar como seu vice.

Santana defende pautas como a redução da máquina pública, ações para a mobilidade urbana, escolas em tempo integral, saúde preventiva e atenção ao meio ambiente.

Em seu primeiro dia de campanha, optou pelo corpo a corpo nas comunidades mais afastadas do centro de Lauro e priorizou reuniões sobre empregabilidade, tendo em vista que o município perdeu quatro mil postos de trabalho no ano passado, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Santana tem afirmado ser contra o fato da atual administração ter nomeado "centenas de pessoas" de outras cidades para ocupar cargos comissionados em Lauro de Freitas e afirmou que se for eleito, o candidato nomear quem mora no município.

"Existe um percentual de 53% de eleitores que ainda não têm candidato a prefeito, prefiro o "olho no olho", minha campanha será pé no chão e nas mãos de Deus", afirma Marcelo.

Em conversa com o jornalista Pablo Reis no Linha de Frente, espaço de política do Grupo Aratu, no dia 5 de outubro, o candidato falou um pouco mais sobre as suas propostas, avaliou a atual gestão e falou sobre seus adversários na disputa deste ano.

"Eu acho que são 16 anos de poder, e foi uma gestão razoável. Mas, nesse último mandato, lamentavelmente, não conseguiu montar um governo capaz de proporcionar um grande atendimento à população. A gente observa uma situação realmente caótica", falou sobre a gestão de Moema Gramacho (PT).

Santana também falou sobre uma das principais queixas dos moradores do município. "Nós precisamos fazer uma grande infraestrutura na malha viária, com um grande saneamento e revestimento de qualidade. O modelo que nós queremos seguir é construir as ciclovias em toda Lauro de Freitas. É complicado, a cidade precisa de um forte investimento também na questão da acessibilidade", disse.

Vice-prefeito

Luiz Claudio Lacerda Bacelar, é um empresário soteropolitano, de 58 anos, casado e nascido em maio de 1962. Antes de fazer parte da chapa como vice-prefeito de Marcelo Santana pelo MDB, Bacelar, em 2006, foi candidato a deputado federal pelo Partido Liberal Social (PSL).

Luiz Bacelar, em agosto, já havia sido anunciado como pré-candidato a vice-prefeito de Santana, pelo MDB, depois de ter desistido da sua candidatura a prefeito pelo Partido Trabalhista Brasileiro (PTB) e se filiar ao MDB para apoiar o advogado. Sendo homologado em setembro deste ano.

As eleições municipais no Brasil em 2020 ocorrerão em 15 de novembro, com um segundo turno marcado para 29 de novembro. Os eleitores escolherão os prefeitos, vice-prefeitos e vereadores dos 5.570 municípios do país e, ao todo, serão preenchidos 67,8 mil cargos públicos eletivos.

LauroZap Fullbanner

Comentários