Pesquisa Lauro Hoje

Zanin diz que operação da Lava Jato acontece um dia após fim do prazo para explicar cooperação com EUA

Advogado de Lula lembra que, ap√≥s 3 anos de batalha judicial, finalmente teve acesso à 'dela√ß√£o' da Odebrecht, que estava guardado em seu escrit√≥rio que foi invadido pela PF.

Por Jorge Matos em 10/09/2020 às 10:11:24
Foto: Twitter

Foto: Twitter

O advogado de Lula, Cristiano Martins Zanin, explica em seu Twitter o motivo da opera√ß√£o da Polícia Federal no seu escritório nesta quarta feira (9). Zanin ressalta que ela acontece após vencer o prazo para que a Lava Jato explicasse sua coopera√ß√£o com os EUA, sem que o tivesse feito.

O advogado ressalta que "no último dia 31/8 o STJ mandou o ministro da Justi√ßa falar em 5 dias sobre as coopera√ß√Ķes internacionais da Lava Jato com os EUA – onde alguns juízes e promotores brasileiros fizeram "cursos". O prazo venceu ONTEM e a decis√£o N√ÉO FOI CUMPRIDA", escreveu Zanin.

Zanin v√™ ainda outra motiva√ß√£o para a deflagra√ß√£o da opera√ß√£o nesta quarta-feira: "nesta semana, após quase 3 anos de batalha judicial, deveríamos come√ßar a fazer o exame do material proveniente do acordo de leni√™ncia da Odebrecht, que foi guardado até agora com muito sigilo pela Lava Jato", contou. "D√° para imaginar por que a Lava Jato invadiu nosso escritório e pegou nosso material?", questiona.

A operação realizada nesta quarta-feira fez busca e apreensão em endereços ligados a Zanin, entre outros advogados. Ela foi autorizada pelo juiz federal Marcelo Bretas, responsável pela Lava Jato no Rio de Janeiro.

Em nota, o advogado já havia acusado Bretas de agir a mando de Jair Bolsonaro. "Em clara tentativa de intimidação do Estado brasileiro pelo meu trabalho", escreveu.

"O juiz Marcelo Bretas é notoriamente vinculado ao presidente Jair Bolsonaro e sua decis√£o no caso concreto est√° vinculada ao trabalho desenvolvido em favor de um delator assistido por advogados ligados ao Senador Flavio Bolsonaro. A situa√ß√£o fala por si só", diz o jurista.

No Twitter, Zanin escreve ainda que parecia óbvio que a Lava Jato iria promover alguma retalia√ß√£o contra ele. "Nos últimos anos atuei incessantemente para desmascarar seus abusos", afirma. O advogado diz ainda que vai denunciar a invas√£o de sua casa e de seu escritório "em todos os foros para que os respons√°veis sejam punidos".

Fonte: Redação com Revista Fórum

LauroZap Fullbanner

Coment√°rios