Pesquisa Lauro Hoje

Ministério Público denuncia Eduardo Paes e faz busca na casa do ex-prefeito

Ex-prefeito lidera nas pesquisas contra o atual prefeito, Crivella, que tem o apoio de Bolsonaro.

Por Jorge Matos em 08/09/2020 às 11:38:43
Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Foto: Tomaz Silva/Agência Brasil

Matéria veiculada pela Globo News informa que o ex-prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (DEM), se tornou alvo de denúncia por corrupção. Na manhã desta terça-feira (8), o Ministério Público fez uma operação de busca e apreensão na casa do ex-prefeito no Rio.

Ainda segundo a Globo News, Paes foi denunciado no âmbito da Justiça Eleitoral por corrupção, falsidade ideológica e lavagem de dinheiro. A denúncia foi oferecida pelo Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC), um braço dentro do Ministério Público. Outras quatro pessoas também foram denunciadas.

O Ministério Público do Rio ainda não deu mais detalhes sore as acusações contra Paes e a defesa do ex-prefeito ainda não se pronunciou.

Paes é um dos principais candidatos à Prefeitura do Rio de Janeiro nas eleições deste ano, em 15 e 29 de novembro. O candidato pelo partido Democratas está à frente do atual prefeito, Marcelo Crivella (Republicanos) nas pesquisas. A sondagem mais recente, do Paraná Pesquisas, publicada em 21 de agosto mostra Paes com 29% das intenções de voto, ante 15% de Crivella.

Pela Lei da Ficha Limpa, o fato de Paes ter sido denunciado não impede sua candidatura porque um candidato só fica inelegível após ter sido condenado em 2ª instância.

O juiz responsável por aceitar a denúncia do Ministério Público foi Flávio Itabaiana, o mesmo que cuida do caso da "rachadinha" envolvendo o senador Flávio Bolsonaro (Republicanos), filho do presidente Jair Bolsonaro.

Paes foi lançado como candidato oficial em convenção do Democratas na semana passada, mas o caso envolvendo o ex-prefeito hoje pode impactar a decisão de outros partidos em apoiá-lo. A chapa das candidaturas será oficializada após as convenções partidárias nas próximas semanas.

O PSL, ex-partido do presidente Jair Bolsonaro, tinha inclusive chances de compor a chapa de Paes em vez de lançar candidatura própria; uma possibilidade era o partido indicar um vice, segundo o colunista do jornal O Globo, Lauro Jardim.

Fonte: Globo News e O Globo

LauroZap Fullbanner

Comentários