Pesquisa Lauro Hoje

Bahia perde o professor, escritor, poeta e compositor Jorge Portugal

O Hospital Geral Roberto Santos (HGRS) comunica o falecimento de Jorge Portugal, por volta das 20h15 (horário de Brasília), de falência cardíaca aguda

Por Jorge Matos em 03/08/2020 às 21:17:06
Foto: Reprodução

Foto: Reprodução

O professor e ex-secretário de Cultura da Bahia, Jorge Portugal, faleceu na noite desta segunda-feira (3) em decorrência de falência cardíaca aguda.
O governador Rui Costa lamentou a perda e decretou luto no estado nesta terça-feira (4). "Imensamente entristecidos, lamentamos a morte do ex-secretário de Cultura do Estado Jorge Portugal. Educador, poeta, compositor, Jorge era um homem de múltiplos talentos, exercidos com a energia e a simpatia que inspirava todos à sua volta. Era, antes de tudo, um homem apaixonado pela Bahia e pelo seu povo, que estiveram sempre no centro do seu trabalho, fosse como administrador público, professor e artista. Como diz um dos seus versos: 'Uma nação diferente, toda prosa e poesia, tudo isso finalmente, só se vê, só se vê na Bahia'. Nossos sentimentos para seus amigos e familiares por essa grande perda", afirmou o governador.
Em sua página no Twitter a senadora Lídice da Mata também lamentou a morte de Jorge Portugal: "Com muita tristeza lamento a morte do amigo Jorge Portugal,que conheço desde a juventude: estudamos juntos no Colégio Central,entramos juntos na Universidade e sempre estivemos do mesmo lado. Muitas vezes brincamos sobre a vizinhança de nossas cidades: Santo Amaro/Cachoeira".
Jorge Portugal (63), nasceu em Santo Amaro, Recôncavo Baiano em 5 de agosto de 1063. Foi Idealizador e apresentador do programa educativo "Aprovado" na TV Bahia, mantido durante nove anos. O "Aprovado" se consolidou como um dos melhores produtos da emissora afiliada da Rede Globo. Compositor de reconhecido talento, Jorge Portugal teve várias de suas músicas nas paradas de sucesso. Dentre outras, Jorge compôs A massa (com Raimundo Sodré); A Beira e o mar (com Roberto Mendes); Baião pisado (com Raimundo Sodré e Roberto Mendes); Amor de matar (com Roberto Mendes); Coió da Anália (com Raimundo Sodré); Assim como ela é (com Roberto Mendes); Brasileiro, profissão sonhar (com Roberto Mendes e Raimundo Sodré) e muitas outras.

Jorge Portugal ficou à frente da pasta da Cultura da Bahia entre 2015 e 2017, na gestão do governador Rui Costa (PT). Portugal pediu exoneração do cargo em setembro de 2017. Na época alegou questões pessoais e profissionais para justificar a saída da Secult..

Fonte: Lauro Hoje

LauroZap Fullbanner

Comentários