Pesquisa Lauro Hoje

PM de Doria impede carreata de professores contra a volta das aulas durante pandemia

Por Elaine Araújo em 30/07/2020 às 20:17:14
Nem com a presença da deputada estadual e presidenta da Apeoesp, professora Bebel, o diálogo com a PM ou com o governo de Doria foi possível

Nem com a presença da deputada estadual e presidenta da Apeoesp, professora Bebel, o diálogo com a PM ou com o governo de Doria foi possível

Professores e trabalhadores em educação de São Paulo se reuniram na manhã desta quarta-feira (29) em frente ao Estádio do Morumbi, na zona sul da capital paulista, com a intenção de realizar uma carreata (#carreataemdefesadavida) até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo estadual, a poucos quilômetros dali. Entretanto, a expectativa foi frustrada pela Polícia Militar, que montou dois bloqueios em vias próximas para impedir a carreata.

O ato foi planejado em protesto pela volta às aulas em 8 de setembro, como quer o governador João Doria (PSDB). Mesmo com a presença da deputada estadual Maria Izabel de Azevedo Noronha (a Bebel, presidenta da Apeoesp, o sindicato dos professores da rede pública), soldados armados agiram com truculência contra os participantes.

Os bloqueios do Batalhão de Ações Especiais (Baep) permaneceram nos locais até por volta das 14h, o que impediu os manifestantes de se deslocar. "Truculência e autoritarismo! Assim fomos tratados hoje pela tropa de choque de Doria em nosso protesto – pacífico – contra a volta às aulas precoce", protestou Bebel.

Fonte: rede Brasil Atual

LauroZap Fullbanner

Comentários